BETA CONTROLES E SISTEMAS
Projetando e Integrando Soluções
Iluminação-Externa

ILUMINAÇÃO EXTERNA – SEGURANÇA


EM SISTEMAS DE SEGURANÇA (CFTV) UTILIZE APENAS LÃMPADAS HQI (VAPOR METÁLICO)

ÚNICA LÂMPADA QUE NÃO ALTERA AS CORES DAS IMAGENS CAPTURADAS PELAS CÂMERAS DO CFTV

ILUMINÂNCIA ADEQUADA COM ECONOMIA (VEJA A TABELA COMPARATIVA)

SÃO AS MESMAS LÂMPADAS UTILIZADAS EM GINÁSIOS DE ESPORTES E ESTÁDIOS DE FUTEBOL

CONFIRA A APRESENTAÇÃO


A Iluminação é fator de fundamental Importância para a Segurança, pois:

o         Deve inibir as ações de tentativa de invasão (os bandidos preferem ambientes pouco iluminados). Veja estudo efetuado pela Polícia Militar do Paraná comprovando este fato. (veja em Energia – Notícias).

o         Permite obter melhor captura de imagens pelo Sistema de CFTV (tanto analógico quanto digital). A iluminação precisa ser equilibrada.

o         Havendo iluminação suficiente, não deve ofuscar a captura de imagens pelas câmeras (não podem estar direcionadas às câmeras). Daí a importância da correta escolha do tipo de refletor (como no exemplo, poste com pétala).

o         Veja a tabela comparativa de custos envolvidos na escolha.

o         Leia todo o exposto, e pense no porque de escolher uma empresa que se preocupa com os aspectos técnicos envolvidos, e conversa com o cliente sobre este assunto, alertando-o.

o         Neste item, trataremos da ILUMINAÇÃO DE SEGURANÇA (EXTERNA).

o         Atende, também, à Iluminação de Quadras de Esporte e Paisagismo.


ILUMINAÇÃO PERIMETRAL

o         Ao implantar um Projeto de Segurança, um item muito importante é o da ILUMINAÇÃO.

o         Com a redução dos valores das câmeras coloridas, este item passou a ter maior importância no Projeto.

o         A Iluminação Perimetral deve atender a 03 quesitos:

o         Inibir tentativas de invasões no local.

o         Proporcionar boa iluminância, para a captura de imagens pelo Sistema de CFTV.

o         Não alterar as cores das imagens capturadas pelas câmeras coloridas deste Sistema.


Por que escolher lâmpadas de Vapor Metálico?

Acerca desta dúvida, faremos duas considerações:

o         Considerações Técnicas.

o         Considerações Econômicas.

PORQUE ESCOLHER LÂMPADAS DE VAPOR METÁLICO
CONSIDERAÇÕES TÉCNICAS

Escolha por motivo de Segurança – incluindo fidelidade na reprodução de cores

o         Considerando como Solução de Iluminação para o SISTEMA DE SEGURANÇA, atende a dois quesitos:

o         Fator de inibição para ações de intrusos: é sabido, e até divulgado pelos órgãos de segurança pública, que ambientes bem iluminados inibem ações de invasão ao ambiente protegido. Para os bandidos, a escuridão representa proteção.

o         Fator de Identificação com Fidelidade de Cores: a única lâmpada que reproduz as cores, com fidelidade, é a HQI. Não é por acaso que são as escolhidas para iluminar Ginásios de Esportes, Campos de Futebol, Faróis de Segurança para Embarcações etc.

o         Considerando, ainda, o Sistema de Segurança (CFTV), em ambientes externos devem ser utilizados apenas Pétalas e Refletores, com Lâmpada de Vapor Metálico (HQI).

o         Em Quadras Poliesportivas, apresentam enorme vantagem sobre as lâmpadas de Vapor de Mercúrio e do tipo Mista.

o         Motivos:

o         As Pétalas iluminam para baixo, não incidindo luz sobre o CCD das câmeras (neste quesito, beneficia até o condômino, que, de seu apartamento, poderá apreciar a beleza noturna do paisagismo, sem receber fachos de luz na vista, o que normalmente acontece com os tradicionais postes com globos, que irradiam luz para todos os lados).

o         As lâmpadas de Vapor Metálico são as únicas que não alteram as cores capturadas pelas câmeras e proporcionam mais luz com menor consumo de energia elétrica que as lâmpadas normalmente utilizadas (mista e halógenas). Mais adiante tem 01 tabela ilustrativa que demonstra as diferenças entre consumo e geração de iluminância.

o         E é  exatamente por não alterarem as cores que estas lâmpadas acabam por enaltecer o verde do paisagismo.

o         São as lâmpadas escolhidas para iluminar os Ginásios de Esportes.

o         Quem já foi a algum estádio de futebol, à noite, pode conferir como o gramado fica mais bonito neste horário.

o         Inclusive, os jogos são transmitidos (ou gravados, para transmissão posterior) pela TV.

o         Seria um desastre as cores dos uniformes não conferirem com a realidade.

o         Já imaginou o Flamengo ser identificado como Rosa-Negro, ao invés de Rubro-Negro?

o         Quem tem um carro vermelho, já deve ter se assustado com a cor reproduzida em ambientes que utilizam lâmpadas do tipo Vapor de Sódio, solução muito utilizada em estacionamentos de hipermercados etc. Nestas condições, o carro parece ser de uma cor mais alaranjada. Já se imaginou prestando queixa à segurança do hipermercado que furtaram seu veículo de cor vermelha e estes responderem que o único veículo da mesma marca que passou pela guarita era da cor laranja?

o         Como estes ambientes não se preocupam com a reprodução correta de cores, costumam optar pela tecnologia de Vapores de Sódio pela divulgação que havia de estas terem fator de iluminância superior até às próprias HQI’s. (veja a reportagem em Energia – Notícias, para ver uma nova teoria). São utilizadas, por exemplo, também na Rodovia dos Imigrantes. De qualquer forma, também contribuem para a obtenção de economia, comparativamente às lâmpadas de Vapor de Mercúrio (poderia proporcionar uma redução no consumo de energia elétrica nas vias públicas em torno de 50%).

o         A instalação da iluminação deve ser próxima à câmera (prefira sobre ela), para proporcionar o lux que necessita.

 
PORQUE ESCOLHER LÂMPADAS DE VAPOR METÁLICO
CONSIDERAÇÕES ECONÔMICAS

ESCOLHA POR MOTIVO DE ECONOMIA – SEM ESQUECER O DETALHE DA SEGURANÇA

o         Ao escolhermos um Sistema de Iluminação, devemos considerar, inclusive, os custos de sua própria implantação.

o         Devemos, então, apurar a potência total dos equipamentos que serão ligados para um correto dimensionamento de fiação e disjuntores.

o         Então, se utilizarmos lâmpadas que forneçam a mesma quantidade de lumens com uma potência menor, o cliente poderá economizar:

o         Com a fiação (poderá ser de bitola menor).

o         Com Disjuntor (menor capacidade).

o         E até com uma menor quantidade de relés fotoelétricos, para atender a circuitos comuns.

o         Como podemos ver, ao efetuarmos os cálculos de custos para implantação de uma Solução, devemos considerar todos os fatores envolvidos e não somente o valor de investimento daquela tecnologia isoladamente. Individualmente, esta tecnologia parece exigir maior investimento que as demais (se considerarmos um comparativo apenas entre as lâmpadas). Considerando um comparativo entre todos os itens envolvidos na escolha de cada solução (materiais e mão-de-obra que estão envolvidos), e, ainda, a durabilidade de cada tecnologia, aliada ao custo que cada um contribui para o consumo de energia elétrica,  conseguiremos visualizar qual tecnologia proporciona a melhor relação “custo x benefício”. Isto, prendendo-nos apenas à questão de economia, sem considerarmos o item anterior (SEGURANÇA).

o         Muitos sistemas de iluminação de segurança já implantados utilizam lâmpada Mista ou Halógena.

o         Em quadras de esportes a lâmpada de Vapor de Mercúrio costuma ser a mais utilizada, como nas vias públicas. Isto se dá, devido, até, à relativa novidade que é a Lâmpada de Vapor Metálico, tecnologia que passou a ser mais propagada aproximadamente a partir de 1999.  Estamos entre os pioneiros em sua utilização no segmento de Segurança. Antes, eram mais utilizadas por arquitetos em soluções de paisagismos e iluminação de vitrines de Shopping Centers.

o         Uma substituição sempre pressupõe alguma vantagem agregada.

o         No nosso caso, envolve 2 vantagens:

o         Econômica:

o         Menor gasto com consumo de energia elétrica.

o         Maior intervalo de tempo para substituição do produto.

o         De Resultado – o que se espera da iluminação para o Sistema de Segurança e CFTV:

o         Melhora a iluminância.

o         Não altera as cores para a captura de imagens pelas câmeras coloridas do Sistema.

o         Observando a tabela que apresentamos mais adiante, a vantagem econômica destaca-se, ainda mais, pois são comparados, também, o resultado econômico da aquisição de cada tipo de lâmpada com a sua contribuição nos custos de consumo de energia elétrica.

TABELA COMPARATIVA
 

 

Fonte:
Dados Técnicos: OSRAM
Preços: consulta ao mercado de varejo.
Base de Cálculo para o Consumo: lâmpadas acesas 12h por dia (das 18h até as 06h).

Em 2,7 anos (vida útil considerada para a lâmpada de vapor metálico, ligada pelo período de 12h por noite), o usuário terá conseguido uma economia no consumo de energia elétrica (comparativamente às lâmpadas Mista e Halógena), na proporção de R$ 2.041,20. Daria para comprar 41 lâmpadas de vapor metálico.
A economia proporcionada pela adoção desta tecnologia, paga o investimento nesta infra-estrutura.
CONSIDERANDO APENAS A QUESTÃO DE ECONOMIA, O RETORNO DE INVESTIMENTO PODERÁ SE DAR EM, APROXIMADAMENTE, 06 MESES.

 

 
OUTRO COMPARATIVO
LÂMPADAS PAR x HQI

o         Comparação entre as lâmpadas HQI-150 W e PAR-30.

o         Para ficar mais fácil a visualização do que estamos falando, observe o comparativo da iluminação de uma vitrine.

o         Uma opção seria a utilização de lâmpadas PAR e a outra HQI.

o         Nível desejado de iluminância: 1.500 lux

o         Uso de lâmpadas PAR: são necessárias 30 unidades, com 120 W cada, obtendo uma carga térmica de 3.600 W.


o         Uso de lâmpadas HQI: são necessárias 04 unidades, com 150 W cada, obtendo uma carga térmica de 680 W


o         Este comparativo se assemelha ao das Lâmpadas HQI com as Halógenas.

o         Como vemos, para se atingir os mesmos resultados luminotécnicos são necessárias:

o         Lâmpada PAR: 30 unidades de lâmpadas PAR-120 W (gerando 3.600 W)

o         Lâmpada HQI: apenas 04 unidades de  lâmpadas HQI-150 W (gerando 680 W).

o         A primeira solução implica em mais refletores, mais fiação, mais mão-de-obra de instalação, maior consumo de energia elétrica e um resultado visual menos eficiente que o adotado com a lâmpada HQI (simplicidade e resultado mais eficientes).

o         Apenas neste comparativo, pode haver uma economia no consumo mensal de energia elétrica, na ordem de R$ 500,00.

o         Inclua todo o investimento em infra-estrutura e compare o resultado financeiro final.

LÂMPADAS DE MULTIVAPORES METÁLICOS
REPRODUÇÃO DE TEXTO DA OSRAM
 

o         Acesse o link: http://www.osram.com.br/luminotec/glossario/index.html

o         Você estará no página de glossário.

o         Clique, em seguida, sobre o item “Lâmpadas de Multivapores Metálicos”.

o         O texto da Osram embasa todo nosso descritivo exposto anteriormente.

o         Veja sua reprodução:


São lâmpadas que combinam iodetos metálicos, apresentando altíssima eficiência energética e excelente reprodução de cor. Sua luz, extremamente branca e brilhante, realça e valoriza espaços e ilumina com intensidade, além de apresentar longa durabilidade e baixa carga térmica.

Alta Potência: Para a iluminação de grandes áreas, com níveis de iluminância elevados e, principalmente, em locais onde alta qualidade de luz é primordial, as lâmpadas de multivapores metálicos de 250 a 3500W são ideais.
Apresentam durabilidade variada, com índice de reprodução e cor de até 90, eficiência energética de até 100 lm/w, temperatura de cor de 4000 a 6000K, em versões elipsoidais, tubulares e compactas.
São indicadas para: iluminação de estádios de futebol, ginásios poliesportivos, piscinas cobertas, indústrias, supermercados, salas de exposição, salões, saguões de teatros e hotéis, fachadas, praças, monumentos, aeroportos, locais onde ocorrem filmagens e televisionamentos externos, a exemplo dos sambódromos.

Baixa Potência: Baseando-se nas características das lâmpadas de multivapores metálicos de alta potência, foram desenvolvidas as de baixa potência de 70 a 400W, em versões compactas. Elas são apresentadas nos formatos tubular, com base bilateral, bipino, elipsoidal e refletora. Todas, sem exceção, apresentam pequenas dimensões, alta eficiência, ótima reprodução de cor, vida útil longa e baixa carga térmica.

Cada uma, dentro de sua característica, é recomendada tanto para uso interno como externo, na iluminação geral ou localizada. Ideais para shopping centers, lojas, vitrinas, hotéis, stands, museus, galerias, jardins, fachadas e monumentos.
 


Todos os direitos reservados...

11111111111100001010000011000000110011001000100011111111101010101100000011111111101000001100110010001000100000001010000011001100
Contato: [11] 2837-5466, 4115-1408 e 9-8342-1040
Página InicialSegurançaTelefonia e InternetAutomação - GSM-GRPSElétricaContato